O Zebrafish na luta contra o COVID-19


Com a pandemia do novo vírus Sars-cov-2 se inicia a corrida contra o tempo para contê-lo e evitar um maior transtorno. Uma dessas corridas foi a competição internacional “Global Virtual Hackathon COVID19”, que possuiu como objetivo o desenvolvimento de sistemas ou aplicativos que auxiliem nesse combate.


Pesquisadores brasileiros desenvolveram um teste rápido, até cinco vezes mais barato que os convencionais, a partir de experimentos realizados com o zebrafish (Danio rerio). Foi injetada uma proteína viral de COVID-19, em fêmeas de zebrafish, em sessões de imunização, com o objetivo de produzir anticorpos plasmáticos. Após a reprodução, os anticorpos passados para os embriões foram usados para fazer uma fita diagnóstica.


Com o auxílio de um swab, a pessoa coletaria sua própria saliva e colocaria para reagir com os anticorpos de covid-19 presentes na fita. Um QR code está presente em cada fita diagnóstica e, ao ser lido por um aplicativo, mostra, rapidamente, o resultado do teste, sendo ele positivo ou negativo.



Atráves desse mecanismo é possível monitorar a incidência de corona vírus e notificar órgãos de saúde para que sejam tomadas as medidas necessárias.

.

Foram avaliados 600 projetos de 45 países distintos e a equipe de pesquisadores conquistou o terceiro lugar no Global Virtual Hackathon COVID19, que ocorreu de forma online.


Curiosidade: os peixes não precisaram ser abatidos para a obtenção dos anticorpos.





Veja como o aplicativo funciona: https://youtu.be/XisZ_nTrMNg

Fonte: Jornal da USP; zebrafishrapidtest.com.